Border Collie


Inteligente, simpático e bonito, o Border Collie é uma raça de cachorro desenvolvida exclusivamente para o trabalho. Há milênios, o homem tem selecionado cachorros para ajudá-lo em suas atividades pastoris. Na Grã-Bretanha ter um cão pastor eficiente sempre foi questão de sobrevivência econômica.

Muito versátil, pode ser visto atuando como cão guia de cegos, em ações de busca e salvamento, cão de avalanches, farejador de drogas, para guarda, defesa, no pastoreio.

Desde a antiguidade os britânicos vivem pastoreando em zonas de montanhas íngremes, pedregosas e sem cercas, fazendo com que o trabalho a cavalo nesta áreas se torne impossível e a movimentação a pé inútil. Perder parte do rebanho significava perder seu suprimento de carne e lã o que ameaçava a manutenção daquelas famílias.

Desta necessidade surgiu, há centenas de anos, na fronteira (border) da Escócia com a Inglaterra, o BORDER COLLIE, reconhecido como o melhor cachorro pastor do mundo, companheiro inseparável dos pecuaristas britânicos e, atualmente, dos homens do campo do mundo todo.

Padrão

País de Origem Grã-Bretanha
Nome de Origem Border Collie
Ultilização Pastoreio e trabalho
Expectativa de vida 13 a 16 anos
Inteligência 1º no ranking
Machos Fêmeas
Altura da cernelha 48-56 Cm 46-53 Cm
Peso 13-20 Kg 12-19 Kg


História do cachorro Border Collier

O Border Collie é originário das terras fronteiriças entre a Escócia e a Inglaterra. É uma raça de cachorro muito antiga, com referências literárias que datam de, pelo menos, 1570. O Border Collie era chamado de Collie trabalhador, para distinguí-lo do Collie (Lassie). Àquela época, fazendeiros tinham a preocupação de cruzar apenas os exemplares de cachorros que mais se destacavam no trabalho de pastoreio, cruzando os melhores cães pastores, sem se preocupar com estética, por isso o Border Collie não possui padrão estético da raça.

Foi com a introdução dos primeiros concursos de pastoreio, que tiveram lugar em Bala, no País de Gales, a 9 de Outubro de 1873, que mostraram este cachorro aos olhos do público. Com o passar do tempo, a popularidade do Border collie como ajudante do pastor foi aumentando ao mesmo tempo em que aumentava a indústria da lã. À medida que os pastores tinham mais rebanhos, tornou-se impossível a pastores solitários cuidarem dos seus rebanhos sem ajuda. Depois de 1800, o Border Collie tinha se tornado comum nas quintas inglesas.

Em Julho de 1906, a International Sheep Dog Society (ISDS) foi fundada por alguns pastores que se distinguiam como treinadores. Estes encontravam-se insatisfeitos com o Kennel Club, porque entendiam que este se preocupava mais com o aspecto exterior dos cães do que com as suas capacidades de trabalho. A ISDS é ainda hoje a proprietária do Stud Book que registra os cachorros de trabalho e que organiza os Sheepdog Trials, os campeonatos de pastoreio.

O Border Collie nos dias de hoje é muito utilizado no campo (pastoreio), tanto com rebanhos de ovinos como bovinos no mundo todo. Aqui no Brasil a raça vem crescendo e se difundindo muito, principalmente na região Sul e Sudeste. No entranto, aqui a história do Border collie é recente, quando em 1993, um admirador da raça chamado Robert Erwin, importou um casal de cães do pais de Gales e em 1994 em parceria com um fazendeiro de Inúbia Paulista-SP criou a ninhada nascida do casal de Border Collie importado; sem nenhuma ligação , também em 1994, o pecuarista André Camozzato do Rio Grande do Sul e o Arlindo Stocco de Capão Bonito-SP importaram cães da raça para o Brasil.

Desde então, o numero deste cachorro não parou mais crescer em nossas terras. Pecuaristas e criadores se apaixonaram pelo serviço do Border collie, e hoje, o plantel da raça é de nível internacional.

Temperamento do Border Collie

Border Collie é um cachorro extremamente inteligente com grande potencial para o trabalho de pastoreio, mas também pode ser um excelente cão de companhia. Apesar da grande facilidade para o aprendizado, precisa ser treinado para o trabalho. Treinado, o Border Collie é capaz de reconhecer mais de 200 comandos distintos.

O Border Collie é um cachorro extremamente dócil e amigável, de temperamento. equilibrado, suas principais características destaca-se para sua grande energia.

Por ser um cachorro muito ativo, dono de uma grande energia, não se adapta a pessoas que gostam de tranqüilidade, por isso não se recomenda ser criado em apartamentos.

Cuidados com a saúde do Border Collie

O cuidado com a pelo do Border Collie é simples, necessitando de escovação duas a três vezes por semana. No verão, quando a tendência à queda de pelo é maior, é preciso escovação diária. Um banho ao mês é o suficiente para manter o pelo limpo, mas se for preciso, pode-se dar banho semanal ou quinzenal, sempre cuidando para o pelo ficar bem seco, evitanto a formação de dermatites.

Os ouvidos do Border Collie por sua vez devem ser limpos de forma superficial e sem retirada excessiva de cera, a cada dez ou quinze dias aproximadamente. Com o auxílio de um algodão, retire a cera de forma delicada

Por ser um cachorro muito ativo, o Border Collie necessita de atividade física diária.

Por dia consome em media só de 300 a 550g de ração.

Tags: , ,

Comentários

Leave a Reply

Or

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>